domingo, 3 de fevereiro de 2013

NO INTERIOR DO CEARÁ, ECONOMIAS CONSOLIDADAS E POTENCIAIS PUXAM EXPANSÃO

Reações: 
   Do fortalecimento de economias já consolidadas, como o município de Sobral e a região do Cariri, ao crescimento vertiginoso de áreas que na última década registraram um salto na geração de emprego e renda, a exemplo de São Gonçalo do Amarante e Eusébio, o quadro de desenvolvimento registrado pelo Ceará nos últimos anos promete prosseguir em 2013, impulsionado sobretudo pelo setor de serviços.

Autonomia
   Para o economista e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) Andrei Simonassi, o desenvolvimento econômico representa a "única saída para autonomia dos municípios". É a partir da geração de mais empregos e renda, explica, que cidades que só se mantêm com a ajuda da administração estadual podem adquirir capacidade de investimento e promover a melhoria da qualidade de vida da população.
   Em muitos municípios, ilustra, a prefeitura é o principal empregador dos moradores. "E às vezes (pagando os salários) com um dinheiro que não é arrecadado", frisa. Segundo ele, o Estado tem conseguido identificar bem as áreas onde os investimentos se fazem mais necessários e podem implicar mais mudanças para a população, sobretudo voltados para a infraestrutura.
   Entretanto, destaca, falta à administração pública agilidade na execução de projetos. Por conta de entraves burocráticos e obstáculos aos cronogramas, salienta, diversas obras do Estado não causaram o efeito previsto quando foram idealizadas.
Via: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário