domingo, 20 de janeiro de 2013

EMPRESÁRIO E JOVEM QUE LEILOOU A VIRGINDADE PROCESSARÃO UM AO OUTRO; ENTENDA

Reações: 
   Oscar Maroni, dono da casa noturna Bahamas, e Ingrid Migliorini, a brasileira que leiloou sua virgindade, vão se processar. Ele quer uma retratação pública por ela ter negado em entrevistas que passou uma noite com ele. Ela moverá ações de calúnia, injúria e difamação por Maroni ter dito que os dois tiveram contato íntimo e que ela teria oferecido a ele sua virgindade por R$ 150 mil.
TIME DOS MENINOS
   Maroni preparou dossiê, que levará à Justiça, com o que diz ser o registro de entrada no hotel em que teve contato íntimo com a estudante, em 2010, quando ela tinha 18 anos e dois meses. Ingrid diz que era menor quando se conheceram. "Não quero dinheiro, isso seria cafajeste demais", diz ele.
TIME DAS MENINAS
   Migliorini reafirma que não passou a noite com o empresário. "Ele quer usar meu momento para aparecer."
Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário