sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

CAMOCIM, BARROQUINHA E OUTROS 22 MUNICÍPIOS DO CEARÁ TEM FPM BLOQUEADO

Reações: 
   Os repasses foram barrados para esses municípios devido à falta de pagamento ao INSS e a Receita dos 184 municípios do Estado do Ceará, 24 novos gestores que assumiram as prefeituras no início do mês já começaram administrar as prefeituras sem a principal fonte de recursos, que é o Fundo de Participação dos municípios (FPM) que foi creditado neste mês.
  O motivo que leva os municípios a terem o bloqueio dos repasses é por conta ou da irresponsabilidade de gestores anteriores que deixaram de pagar as dívidas junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ou com a Receita Federal.
   Os verdadeiros prejudicados da história são os habitantes das cidades que tiveram os recursos barrados. Na grande maioria delas, não existe arrecadação própria e os prefeitos se eximem de cobrar os impostos, muitas vezes para não serem prejudicados eleitoralmente.
   O dinheiro do FPM é utilizado para pagar os serviços de limpeza pública, manutenção dos hospitais e pagamentos dos salários dos servidores dentre outros.
Fonte: Blog do Diomar Araujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário