quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

PREFEITOS DE URUOCA, TIANGUÁ, ACOPIARA, ACARAPE, BATURITÉ, CRATO, ICÓ E NOVAS RUSSAS PODERÃO SER PRESOS EM BREVE

Reações: 
   As denúncias apontam desestruturação das prefeituras ao realizar gastos excessivos e suspender pagamento de servidores. Segundo o TCM, as cidades com situação mais agravante são Acopiara, Acarape, Baturité, Crato, Icó, Nova Russas, Tianguá e Uruoca.
    Os processos instalados chegaram ao Ministério Público na última sexta-feira (14). "Não descartamos a possibilidade de afastamento dos cargos públicos de outros gestores e até a prisão se assim se fizer necessário", diz o procurador Luiz Alcântara.

   As declarações do presidente do TCM, Manoel Veras, da procuradora do TCM, Leylianne Feitosa e do procurador da PROCAP, Luiz Alcântara fizeram com que muitas cidades ficassem sem prefeitos.
   Muitos deles temem ser presos e inventaram viagens. Uma grande operação deve ser desenvolvida nos próximos dias nos municípios envolvidos objetivando prender alguns desses gestores. 
Fonte: Lindomar Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário