segunda-feira, 24 de junho de 2013

DILMA COMEÇA, HOJE, A OUVIR A SOCIEDADE

Reações: 
BRA 247 - A presidente Dilma Rousseff quer transformar em ações concretas, já nesta segunda-feira, seu pronunciamento feito em rede nacional, na última sexta-feira, cuja frase mais importante foi "estou ouvindo vocês e não vou transigir com a violência". Serão recebidos, no Palácio do Planalto, representantes dos movimentos sociais e também dos poderes que representam a institucionalidade. O Palácio do Planalto pretende ouvir, por exemplo, o que tem a dizer Mayara Vivian, do Movimento Passe Livre, cuja reivindicação deu início aos protestos. Mas a presidente Dilma também pretende buscar o diálogo com representantes de todos os poderes. Será marcada uma reunião com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, para tratar do combate à corrupção e da Lei de Acesso à Informação. Com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), será discutida a proposta de destinar 100% dos royalties do petróleo para a educação. Com governadores, como Sergio Cabral, do Rio, e prefeitos, como Eduardo Paes e Fernando Haddad, da capital fluminense e de São Paulo, serão discutidas medidas concretas para melhorar a qualidade do transporte e de outros serviços públicos. Com esses movimentos, o governo federal planeja retomar, com urgência, a iniciativa política no País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário