quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

BISPO DO CRATO SE DIZ AMEAÇADO DE MORTE

Reações: 
   O bispo da Diocese de Crato, dom Fernando Panico, e o advogado da Diocese, Hiarles Macedo, foram alvos de ameaças anônimas de morte por telefone e escritas. Eles registraram boletins de ocorrência reportando as circunstâncias à Polícia. “Dom Fernando se diz protegido pelas forças divinas”, afirma Macedo em entrevista por e-mail. Na última segunda-feira, 21, o bispo esteve em Campos Sales em missão eclesiástica, conversando com seminaristas.
   Uma batalha judicial é, segundo a assessoria jurídica da Igreja, o motivo das ameaças de morte de que foram alvos. Todas elas faziam referência “à causa que a Diocese move contra a F.P. Construções e Empreendimentos Imobiliários LTDA de propriedade do Sr. Francisco Pereira da Silva”, conclui. A disputa gira em torno de um terreno próximo à divisa dos municípios de Juazeiro do Norte e Crato, no Cariri cearense. A Diocese alega que o antigo bispo Murilo de Sá Barreto, morto em 2005, vendeu, no final dos anos 1990, parte da área à imobiliária, no valor de R$ 200 mil. O restante, de acordo com eles, deveria ter continuado em posse da Igreja. (Opovo Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário