segunda-feira, 2 de julho de 2012

MINISTÉRIO DA SAÚDE DESTINA 28,2 MILHÕES PARA O CEARÁ NO INTUITO DE REDUZIR FILAS NO SUS

Reações: 
    O Ministério da Saúde (MS) anunciou nesta segunda-feira que destinará 28,2 milhões para o Ceará com o intuito de aumentar o número de cirurgias eletivas e reduzir as filas no Sistema Único de Saúde (SUS). 
   Em todo o Brasil, serão liberados R$ 650 milhões aos estados e municípios. O repasse apresenta um crescimento de 85% se comparado em 2011, que foi de R$ 350 milhões. A ação vai beneficiar 2.555 cidades. 
   Os estados brasileiros e Distrito Federal receberão os recursos, em parcela única, para 2012. Além disso, conforme o Ministério da Saúde, do total, R$ 50 milhões serão destinados aos municípios com 10% ou mais de sua população em situação de extrema pobreza.
   De acordo com o MS, o total de investimento previsto, R$ 600 milhões são destinados às cirurgias eletivas selecionadas como prioritárias. 

Cirúrgia mais procurada
    Para cirurgia de catarata, a mais procurada pelos usuários do SUS em 2011, foi destinado R$ 180 milhões. Além disso, R$ 210 milhões para tratamento de varizes, cirurgias ortopédicas e nas áreas de urologia, oftalmologia e otorrinolaringologia, incluindo retirada de amígdalas. 
   Outros R$ 210 milhões vão atender as demandas apresentadas pelos gestores estaduais. Os R$ 50 milhões restantes são para ampliar o acesso a cirurgias de cataratas nos municípios com população em situação de extrema pobreza. 

Novos procedimentos
      Segundo o Ministério da Saúde, mais três procedimentos ortopédicos serão contemplados no SUS: a artroplastia do quadril, artroplastia do joelho e artroplastia de revisão/reconstrução do joelho. 
   Com a inclusão dos novos procedimentos, o SUS realizará 713 cirurgias de média complexidade, cerca de 625 procedimentos a mais se comparado a 2010, quando eram 88.
 Via: Lindomar Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário