domingo, 8 de julho de 2012

ASSÉDIO MORAL: EM CAMOCIM, SERVIDORA CONCURSADA DENUNCIA AO MP QUE FOI COAGIDA A PEDIR VOTO

Reações: 

   Uma denúncia de extrema gravidade foi levada até a Promotoria de Justiça de Camocim no dia 03 de julho. O teor da denúncia não é novidade, pois vários relatos desse tipo já chegaram à imprensa, mas é uma das poucas vezes que isso também chega às autoridades judiciais. 
  Uma servidora concursada da educação teria chegado bastante aflita à sede do Sindicato APEOC, e de lá, teria ido depor, acompanhada de membros da APEOC, na sede do Ministério Público de Camocim, onde relatou o que ocorreu na escola em que trabalha, localizada na zona rural I, em 28 de junho de 2012. Segundo ela, naquele dia, a diretora de sua Escola fez uma reunião com todos os funcionários e disse que os contratados iriam ter que trabalhar na política. Teria dito também, que os concursados não eram obrigados, mas seria bom, pois “ninguém sabia o que podia acontecer”. Em seguida, segundo a depoente, a diretora perguntou aos concursados, um a um, se iriam trabalhar ou não. Tendo a depoente negado o pedido, a diretora disse que iria anotar o nome dela. A trabalhadora passou o final de semana impressionada com o ocorrido e veio procurar apoio no Sindicato da categoria. O ocorrido confirma denúncias deste blog que noticia o trabalho de coação feito por comissionados em cima dos contratados, e pelo jeito, dos concursados também.
Fonte: Camocim Online
Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

  1. Conheça e faça parte do blog “Assediados”.
    www.assediados.com
    Um espaço onde vítimas de assédio ou dano moral podem relatar suas histórias, compartilhar experiências, e buscar caminhos para tornar o ambiente de trabalho um espaço seguro, onde seres humanos sejam tratados com o respeito e a dignidade que merecem. Um espaço onde você encontrará informações atualizadas sobre Assédio Moral no trabalho.
    "Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"

    ResponderExcluir